Traduzir ou não traduzir, eis a questão

Quando estava estudando para começar a atuar como professora de inglês, participei de um treinamento sobre o uso da língua mãe na sala de aula. No nosso caso, aqui no Brasil, deveríamos ou não usar o Português em aula?

As discussões foram acaloradas, com professores divididos, cada grupo defendendo com veemência suas crenças – “Use o português, é claro”, “Não use, é óbvio!”.

É certo que ambos os grupos levantaram questões válidas, por exemplo, se o aluno tiver que se comunicar com uma pessoa que não fala nem mesmo um “oi” em Português, de nada adianta ele querer recorrer a língua mãe para ser entendido. Por outro lado, se uma determinada explicação de uma expressão, por exemplo, for muito mais objetiva em Português, vale a pena traduzir e ganhar tempo em aula.

Pessoalmente, recorro aos português somente em situações extremamente necessárias. Acredito sim que desde o básico o aluno pode e deve ser treinado ouvindo apenas inglês.

Certa vez enquanto dava uma aula para um aluno do básico na sala de reuniões da empresa, um funcionário bateu à porta e perguntou, em português é claro, se podia entrar, meu aluno imediatamente respondeu “Yes”. Logo após a resposta, ele me deu uma cutucada com o pé por debaixo da mesa e me olhou com os olhos arregalados – estava surpreso por ter usado o inglês espontaneamente e, o pior, segundo ele, respondendo a uma pergunta feita em Português!

Na verdade, o que havia ocorrido era uma imersão. Ele sabia que naquela hora o idioma era o inglês e o cérebro estava preparado para o inglês. Este tipo de foco é extremamente importante, ele ajuda a assimilar as palavras novas, a agir e reagir no novo idioma.

Quem já fala dois idiomas e está aprendendo um terceiro, certamente já passou por algo assim. O professor pergunta alguma coisa e a pessoa não  responde em português, responde no outro idioma que fala. É divertido, é hábito.

Então, maximize sempre seu tempo de aula usando inglês, evite traduzir, tente entender pelo contexto, através de um desenho, de uma associação.

Muitos alunos comentam que se sentem frustrados por não saberem ‘exatamente’ se entenderam sem usar a tradução. Se você também se sente assim, aqui vai um truque: use a palavra nova em uma frase. Quando você entendeu o significado correto, sua frase estará certa. Quando a compreensão não está clara, a frase também estará confusa.

Com isso, seu professor vai dar mais exemplos para ajudá-lo no entendimento.

Have a nice class, and enjoy your learning!

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s